Psicoterapia

A Psicologia é a ciência que estuda os processos mentais e comportamentos dos indivíduos e a forma como os quais se relacionam em seu meio físico e social.

Portanto, através da psicoterapia, o indivíduo tem a possibilidade de reconhecer seu funcionamento cognitivo, emocional e comportamental e dessa forma, promover mudanças significativas e obter um desenvolvimento emocional, relacional e pessoal.

A psicoterapia é indicada para:

  • Autoconhecimento acerca de suas potencialidades e pontos a desenvolver para que se alcance um bem estar biopsicossocial;
  • Auxílio no enfrentamento de crises familiares, profissionais e pessoais;
  • Tratamento de transtornos psicológicos.

Pessoas de qualquer idade podem se beneficiar desse processo, desde crianças até idosos.

A duração do processo varia de acordo com o quadro apresentado, os atendimentos são semanais e duram aproximadamente 50 minutos.

“Nunca é alto o preço a pagar pelo privilégio de pertencer a si mesmo.” (Nietzsche

A psicoterapia é um processo que requer muita coragem. Coragem para reservar um tempo em seu dia-a-dia tão corrido para olhar para si próprio como, provavelmente, nunca fez antes.

Coragem para aceitar e reconhecer seus erros e seus acertos e assumir sua responsabilidade pelos mesmos.

Coragem para compreender a si mesmo e entrar em contato com sentimentos, memórias e pensamentos que costumam ficar guardados lá no fundo de nossa alma. Coragem para “aprender a ser quem você é, e a abdicar com boa graça de tudo o que não é.” (Henri-Frédéric Amiel).

A psicoterapia é um caminho árduo e sem volta. Uma vez que você resolve trilha-lo, a pessoa que escolheu entrar nessa jornada, com certeza não será a mesma que irá sair. Nesse processo, você deixará para trás o que não precisa mais carregar consigo e escolherá o que quer construir daqui para frente. Afinal, “não importa o que fizeram com você. O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você.” (Jean-Paul Sartre).

Vanessa Menezes ❤

Avaliação Neuropsicológica

A Neuropsicologia é uma especialidade da Psicologia que atua no diagnóstico, no acompanhamento, no tratamento e na pesquisa da cognição, das emoções, da personalidade e do comportamento sob o enfoque da relação entre estes aspectos e o funcionamento cerebral.

A Avaliação Neuropsicológica tem como objetivo auxiliar no diagnóstico neurológico e psiquiátrico, investigar o funcionamento cognitivo e a natureza e gravidade das alterações cognitivas, acompanhar a evolução de disfunções cognitivas, avaliar efeitos de tratamento medicamentoso, cirúrgico e reabilitação neuropsicológica e planejar programas de reabilitação neuropsicológica.

As funções que podem ser avaliadas são:

  • Orientação temporal, espacial e pessoal;
  • Funções intelectuais;
  • Memória;
  • Linguagem;
  • Habilidades acadêmicas;
  • Habilidades vísuoespaciais e vísuoconstrutivas;
  • Processos atencionais;
  • Funções executivas;
  • Humor;
  • Comportamento, entre outras.

Essa avaliação pode ser solicitada por profissionais da sáude, responsáveis e escola, e pode ser realizada em crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Ela consiste em:

  • Anamnese, na qual será explorada a queixa e informações sobre a saúde global do indivíduo, para que se selecione os melhores instrumentos a serem utilizados;
  • Aplicação da bateria de testes e tarefas neuropsicológicas, a qual indicará quais são as funções cognitivas preservadas e as que apresentam deficiência;
  • Elaboração do relatório neuropsicológico e devolutiva.

O número de atendimentos necessários e a duração dos mesmos dependerá do quadro apresentado pelo paciente.

Orientação Profissional

Em um momento tão delicado da vida de uma pessoa, no qual ela precisará fazer escolhas tão difíceis e duradouras com relação a sua vida profissional e acadêmica, é de grande importância que ela receba a devida orientação para que consiga passar por esse processo da forma mais tranquila possível. Esse momento de vida pode ser repleto de medos, inseguranças, dúvidas e angústias, visto que é uma decisão que irá influenciar a vida dessa pessoa de forma significativa.

Através da Orientação Profissional, com o uso de métodos e técnicas psicológicas, essa pessoa conseguirá identificar suas aptidões, interesses e características de personalidade. Além dos fatores que influenciam essa escolha, e terá acesso as informações a respeito do mercado de trabalho, profissões e cursos. Tendo maior conhecimento acerca de si mesmo, essa decisão será tomada de forma mais consciente, autônoma e dotada de responsabilidade.

O processo de Orientação Profissional acontece em 8 a 10 encontros semanais, com duração aproximada de 50 minutos.